É possível facilitar o aluguel de seu galpão ao contar com uma administradora profissional para essa missão

A administração de galpão é uma atividade essencial para que os proprietários tenham a renda do imóvel garantida, ao mesmo tempo em que os inquilinos podem operar sem nenhum imprevisto.

A taxa de vacância no mercado de galpões logísticos é a menor desde 2013, de acordo com pesquisa First Look, realizada pela JLL, e o e-commerce tem impulsionado a ocupação nessa retomada econômica. 

Conforme se desenvolve, novas soluções surgem para atender a esse mercado, e uma delas é a administração de galpão, seja para galpões industriais ou logísticos encontrados em todo o país. 

Vamos entender do que se trata esse serviço?

O que é a administração de galpões? 

Quem possui um galpão disponível para locação hoje precisa enfrentar certa burocracia e realizar diversos procedimentos para deixar tudo pronto para quando houver um inquilino. Afinal, nada melhor do que transferir essa responsabilidade para especialistas na área e não ter que se preocupar com burocracias, não é?. 

Quando o galpão está locado, todo o tempo de utilização do espaço demanda a correta administração para garantir ao locatário uma operação livre de transtornos, rápida, agilizada e transparente. 

Para essa tarefa, é preciso contar com profissionais capacitados e experientes, que vão assegurar que todos os procedimentos sejam realizados corretamente: antes, durante e após o encerramento do contrato. 

Assim, os proprietários e os futuros inquilinos ganham tranquilidade e podem se dedicar a outras demandas, pois sabem que todas as etapas do processo de locação serão feitas por experts no assunto.

Leia também: Galpão logístico ou industrial: Quais são as diferenças?

Como administrar um galpão? 

Antes de descobrir como fazer a administração de galpões, não podemos nos esquecer que o local é um espaço para fins comerciais, e portanto, deve ser administrado como tal.

Dessa forma, a administração de um imóvel comercial envolve muitos procedimentos, e a administradora especializada tem condições de realizar tudo corretamente.

Ao contratar esse tipo de solução, o proprietário não precisa pensar em como resolver eventuais problemas que podem aparecer antes de fechar o contrato ou durante o uso do espaço. 

Já os proprietários não têm de se preocupar com burocracias que envolvem o processo de locação nem com reparos, quando estes forem necessários.

O que a administradora de galpão faz?

A administradora de galpão presta assessoria aos proprietários, diminuindo a burocracia e sanando as dúvidas dos investidores e dos locatários. 

De forma geral, a administração de galpões deixa o imóvel regularizado e com características atrativas para o uso dos inquilinos, independente do tipo ou finalidade do espaço. 

Quando o dono do galpão contrata uma administradora, este é o trabalho que a empresa vai executar:

  • vistorias de entrada e saída;
  • elaboração de contrato;
  • cobrança de taxas;
  • repasse de pagamento ao locador;
  • controle de pagamento (aluguel, seguro, iptu e condomínio);
  • renegociação de dívidas;
  • regularização de documentos (alvará, Habite-se, auto de vistoria do corpo de bombeiros e laudo de vistoria elétrica);
  • análise cadastral do interessado;
  • captação de interessados;
  • consultoria para esclarecimento de dúvidas durante o período de vigência do contrato.
  • assistência prestada por departamento  jurídico, sem cobrança de honorários, desde que a locação tenha sido previamente analisada pelo administrador

Você também pode se interessar por: Laudo de vistoria de imóvel: por que todo galpão precisa de um

Quanto custa para administrar um galpão? 

Uma empresa que administra galpões vai cobrar uma porcentagem do aluguel mensal da propriedade em troca de seu trabalho. 

Além disso, em alguns casos é preciso realizar o pagamento da chamada taxa de intermediação, ou seja, o valor do primeiro aluguel do galpão, que tem como objetivo cobrir despesas anteriores à locação, como divulgação, vistoria, e afins.

A soma total é um valor baixo considerando o tamanho das responsabilidades e que deixará o empreendedor sem dores de cabeça relacionadas à administração.

A prática já é totalmente consolidada no mercado imobiliário e vem garantindo tranquilidade aos clientes que optam por contratar o serviço. 

Perigos na locação de galpão

Os proprietários que não contam com um serviço de administração provavelmente terão dificuldade para encontrar interessados e até mesmo fechar o negócio, uma vez que as oportunidades no setor estão cada vez menores.

Porém, ao realizar todo o processo sozinho, sem auxílio profissional, a locação pode trazer riscos a ambas as partes envolvidas. 

Além disso, a inexperiência em administração ou confiar em quem não tem os conhecimentos e habilidades para um correto cadastro do imóvel pode ocasionar grande prejuízo para o locador, inquilino e demais partes envolvidas no negócio. Os prejuízos podem incluir inadimplência. Por isso, é fundamental contar com alguém experiente na administração de galpões, com amplo conhecimento da área comercial e que conte com um bom departamento jurídico. 
Conheça agora mesmo os serviços de administração de galpão que oferecemos a nossos clientes e conte conosco para ajudar a potencializar os seus ganhos no promissor setor logístico!