É preciso avaliar as necessidades do negócio para acertar na escolha do galpão

O mercado está aquecido para os galpões industriais. Os interessados em agregar essas estruturas às suas empresas devem saber como alugar galpão industrial da forma correta para evitar prejuízos. 

Os galpões oferecem versatilidade e flexibilidade para diversos setores, uma vez que existem modelos que podem ser adaptados para todos os tipos de uso.

Optar pelo aluguel permite que as operações obtenham mais eficiência, com custo e risco reduzidos para as empresas que precisam de um espaço adicional de qualidade.

Que tal conferir o nosso guia completo antes de alugar o seu galpão industrial? 

imagem mostrando a parte de dentro de um galpão vazio

O que é um galpão industrial?

O galpão industrial é uma construção feita em aço, geralmente com um único pavimento, e que é usado para finalidades diversas – ele permite abrigar desde uma pequena fábrica até uma quadra poliesportiva!

Leve, barato e construído em curto prazo, estes galpões tem sido muito usados como depósito de produtos e materiais, como locais de armazenamento para a cadeia logística e como extensões de indústrias de diversos segmentos. 

Saber como alugar galpão industrial é uma solução para empresas que precisam de espaço extra, de forma permanente ou temporária, mas não têm condições de arcar com a construção e manutenção que o local exige.

Depois de conhecer essa solução e refletir se e como ela pode auxiliar o seu negócio, é hora de aprender como alugar um galpão industrial sem erros. 

Como avaliar um galpão industrial?

O galpão industrial é, basicamente, uma caixa metálica que o locatário pode usar da melhor forma para o seu negócio. No entanto, existem condições gerais e específicas para sua utilização. 

Um bom galpão industrial deve ser, primeiramente, seguro para pessoas e para o que houver dentro dele. Portanto, ele deve contar com sistemas de combate a incêndio e segurança 24 horas.

Observe também se o galpão possui uma cabine primária para controlar, proteger e distribuir a energia elétrica pelo galpão e por outros espaços da empresa

Se o galpão for utilizado para armazenamento de carga ou para a instalação de maquinário, é necessário redobrar a atenção com o piso, que deverá ser de alta resistência para evitar problemas de rachadura ou desmoronamento. 

O pé-direito deve ser alto. Os galpões padrão têm cerca de 12 metros de altura, mas é possível encontrar variações que vão de 10 a 15 metros. 

Um galpão que será usado para fins logísticos deve estar em uma localização de fácil acesso para as principais vias. Além disso, é interessante que ele tenha um pátio adequado para o volume de tráfego e cross-docking. 

Dependendo do uso, o galpão precisará de projetos específicos, como climatização e poço artesiano. Nesse caso, é preciso conferir se o espaço suporta e permite o projeto. 

O galpão deve, ainda, atender todos os requisitos da legislação, com licenças e regularizações em dia. Portanto, a análise da documentação é tão importante quanto os demais fatores antes de alugar um galpão. 

Quais modelos de galpões existem?

Para alugar o galpão ideal, é preciso saber qual mais se adapta a sua realidade. Isso só será possível ao conhecer os modelos de galpões industriais disponíveis no mercado. Confira as principais características de cada modelo:

Galpão piramidal

Com área de até 225 m², o modelo é feito com tendas tensionadas e tem cobertura pontuda, que lembra uma pirâmide. A estrutura é montada com sistemas tubulares ou chapas de ferro fixados com encaixes, conexões ou parafusos. 

É um modelo mais frágil, mas que atende empresas que não precisam de muito espaço de armazenagem. 

Galpão com uma ou duas águas

Em um único pavimento, este galpão atinge grandes extensões. A estrutura é composta por pórticos espaçados, que são sustentados por um sistema de terças, vigas ou tesouras. 

Algumas lajes ou pelas de manta são feitas de material translúcido, o que permite aproveitar a iluminação natural. 

Ele é ideal para a armazenagem de todo tipo de produto, como peças agrícolas e máquinas da indústria pesada. 

Galpão shed

Com vãos simples ou múltiplos em sua cobertura, construída na forma de degraus, o espaço interno tem iluminação e ventilação natural, diminuindo a umidade e o calor. 

Dessa forma, é indicado para aqueles produtos sensíveis a esses agentes externos. 

Também é muito usado por empresas que precisam de uma grande área, já que ele tem grandes extensões longitudinais e transversais. 

Galpão de dois pisos

Este modelo de galpão industrial permite a construção de um espaço em sua parte superior, que geralmente é destinado a uso administrativo ou para refeitórios, banheiros e vestiários. Embaixo, fica a operação.

A vantagem é que toda a gestão pode ser feita diretamente no local da operação, ou, dependendo do uso, toda a jornada de trabalho pode ser cumprida em um só espaço. 

Galpão em arco

Esse galpão tem um formato em arco que facilita o escoamento das águas da chuva para as laterais. Além de proporcionar segurança para a estrutura, ele oferece melhores condições de climatização, condensação e acústica.

O galpão em arco é ideal para empresas localizadas em regiões chuvosas que poderiam sofrer com os danos causados pelas águas. 

Quanto é o aluguel do galpão industrial?

O valor do aluguel dos galpões varia bastante e depende, basicamente, de três fatores: o modelo do galpão, sua localização e a demanda do mercado. 

Quanto mais complexo e extenso é o galpão, mais caro será o aluguel. Um galpão piramidal, por exemplo, costuma ser mais acessível que um galpão de dois pisos.

A localização também conta muito. Geralmente, os galpões industriais ocupam áreas privilegiadas, como o interior de São Paulo, onde o valor do metro quadrado é mais caro. Galpões mais afastados das principais vias de acesso até podem ter um aluguel reduzido, mas haverá mais gastos com deslocamentos. 

Por fim, quanto maior a demanda, maior o preço, e o mercado de aluguel de galpões está aquecido, especialmente para o setor logístico, que teve um boom durante a pandemia. 

vista de cima de galpão industrial com três seções

Como funciona a manutenção do galpão industrial?

Alugar um galpão é similar a alugar uma casa: problemas estruturais e vícios que antecedem a locação são de responsabilidade do proprietário, já as manutenções periódicas ficam a cargo do locatário, sempre com a anuência do locador.

De forma geral, um galpão precisará de manutenções periódicas para prevenir problemas em sua estrutura que possam comprometer o processo produtivo da empresa.  

A prevenção contra infiltrações e vazamentos, a correta impermeabilização e a proteção térmica são os principais cuidados que o galpão vai necessitar. 

Toda a manutenção deve ser feita com profissionais especializados, que poderão avaliar adequadamente a situação do galpão. 

Agora que você concluiu a leitura deste passo a passo, você já sabe tudo sobre como alugar galpão industrial e poderá ir atrás da melhor oportunidade para o seu negócio. Conte com o Disk Galpões para alugar o melhor imóvel de acordo com as suas necessidades!