Indicados para galpões industriais, os pisos de alta resistência têm maior vida útil em decorrência de seus materiais. Mas a escolha do tipo de piso para galpão deve variar de acordo com a necessidade da empresa.

Definir um local de armazenagem de produtos e bens industriais ou comerciais é imprescindível para empresas. No entanto, a tarefa pode envolver mais detalhes do que apenas escolher a localização: fatores como a iluminação, o telhado e até mesmo o tipo de piso interferem na segurança e eficiência da armazenagem.

Existem algumas especificações e recomendações quando falamos em escolher um piso para galpão. Os revestimentos em centros de produção suportam mais intensidade de tráfego e de carga, e precisam contar com uma espessura e uma taxa de armação mais alta.

Portanto, os modelos para galpões são aqueles de alta resistência, com melhores materiais e maior tempo de vida útil, ideais para ambientes industriais.

Projetos de indústrias necessitam de pisos mais resistentes do que empreendimentos comerciais ou residenciais. Eles devem ser pensados para aperfeiçoar os processos produtivos e oferecer segurança e praticidade aos colaboradores da empresa.

Confira abaixo os principais tipos de piso para galpão, suas características, o preço médio de um piso de alta resistência, a importância do piso resistente na segurança da empresa e os tipos de carga que podem ser armazenados em um galpão. Temos todas as informações que você precisa antes de alugar um galpão para a sua empresa.

Tipos de Piso para Galpão

Piso de concreto polido

enceradeira passando em um piso de concreto polido

O piso industrial de concreto polido é bastante comum no mercado de galpões. Ele é visualmente parecido com o de cimento queimado, mas é mais resistente a produtos químicos e a impactos, e por esse motivo é uma boa opção para galpões industriais.

Seu material também inibe bactérias, ácaros, umidade, vazamentos e manchas, além de não acumular poeira e resíduos, sendo ótimo para o escoamento de água. Por possuir um acabamento espelhado, é de fácil limpeza.

Piso epóxi

rolo passando algo em um piso de epoxi

Muito comum em garagens, armazéns, oficinas e espaços industriais, o piso epóxi é outra opção utilizada com ampla frequência no mercado. Tem como característica o fato de ser feito com a resina epóxi, que possui resistência considerada alta.

Seu brilho característico o torna uma opção interessante por passar uma impressão de limpeza. É possível pintar o piso epóxi não somente das tradicionais cores neutras, como branco e cinza, mas também de outros tons mais fortes, como o azul.

Piso emborrachado

imagem de um piso emborrachado

Essa variação é indicada para ambientes com alto tráfego de veículos, pessoas e máquinas. Tem como destaque o fato de ser macio e antiderrapante, e não deixa de ser uma opção para ambientes que promovam o contato com o fogo ou a água.

É, ainda, um bom isolante acústico e térmico. Por outro lado, apresenta como desvantagens o acúmulo de sujeira com facilidade, em comparação com outros tipos de piso, além de riscar facilmente e ser menos resistente que o concreto.

Piso vinílico

O piso vinílico também é uma alternativa comum para galpões. O modelo imita a madeira, mas possui uma aparência diferente, que simula o cimento e outros materiais considerados mais “brutos”.

Esse material pode ser aplicado em cima de outros pisos, como cerâmica, cimentados, porcelanato, entre outros materiais. Por ser bastante versátil, é muitas vezes a preferência para fábricas, postos de gasolina, estacionamentos e instalações logísticas.

É de fácil instalação, menos escorregadio e possui bom custo-benefício. No entanto, por não ser tão resistente quanto os demais, é indicado para locais de médio tráfego.

A influência da resistência do piso na segurança

As atividades em um galpão industrial devem ser realizadas com agilidade, técnica e, principalmente, segurança. Um dos objetivos da implantação de um piso de alta resistência é evitar acidentes com colaboradores e mercadorias.

Características como a permeabilidade e a aderência também precisam ser levadas em conta pensando na diminuição de imprevistos, a depender da função desempenhada pela empresa.

Tipos de carga que podem ser armazenados em um galpão

tipos de estoque; várias caixas empilhadas em armários e em uma empilhadeira

É necessário que o material do piso consiga suportar cargas estáticas e dinâmicas.

As cargas estáticas são aquelas que não sofrem variações. Elas geralmente estão dispostas nos pilares (estantes), concentradas em uma superfície muito pequena em contato com o chão.

Já cargas dinâmicas são aquelas causadas por movimentação, e podem variar bastante. Em empilhadeiras trilaterais, quando o equipamento está trabalhando na altura máxima com os garfos estendidos, a pressão sobre as rodas pode extrapolar a resistência do piso.

Leia mais: Ponte rolante: por que ela é essencial para galpões? 

Conte com bons profissionais para escolher o melhor galpão

Elementos como o local da pavimentação, a finalidade, a distribuição da carga sobre a superfície e questões como a exposição a altas temperaturas ou a elementos químicos precisam nortear o planejamento do empreendedor.

Desta forma, é imprescindível contar com profissionais de qualidade para realizar com afinco cada etapa do processo de construção do piso de alta resistência. Não existe um tipo de piso considerado melhor, mas há o ideal para cada uso.

Se você está precisando de orientação na hora de comprar, alugar ou administrar um galpão, entre em contato com a Disk Galpões. A empresa possui amplo catálogo de instalações industriais espalhadas pela região da Grande São Paulo. Compare as opções disponíveis e conte com profissionais especializados para tomar a melhor decisão.